SCMB participa na Campanha Laço Azul

Em abril, Mês Internacional da Prevenção dos Maus-tratos na Infância, a Santa Casa da Misericórdia do Barreiro associa-se à campanha do Laço Azul.

Desta forma foram dinamizadas um conjunto de atividades que visa assinalar o Mês Internacional da Prevenção dos Maus-tratos na Infância.

A Organização Mundial de Saúde define abusos ou maus-tratos às crianças como todas as formas de lesão física ou psicológica, abuso sexual, negligência ou tratamento negligente, exploração comercial ou outro tipo de exploração, resultando em danos atuais ou potenciais para a saúde da criança, sua sobrevivência, desenvolvimento ou dignidade num contexto de uma relação de responsabilidade, confiança ou poder.

O “Movimento Laço Azul” nasceu em 1989, na Virgínia, Estados Unidos. Este movimento conta a história de Bonnie W. Finney que tomou a iniciativa de colocar uma fita azul na antena do seu carro, de modo demonstrar a sua dor face aos acontecimentos trágicos de que tinham sido vítimas os seus netos.

As crianças tinham sido maltratadas pela mãe (filha de Bonnie) e pelo namorado e o azul representava as nódoas negras espalhadas pelos pequenos e delicados corpos. Uma das crianças terá morrido vítimas das agressões.

Rapidamente, o movimento ganhou dimensão mundial.

Veja também: